RadarURL

Kuku no Honkai 12 [FIM]

Caio K. Fullbuster
Fala galera!

Hoje é dia de encerrar mais um projeto!

Antes de falar sobre Kuzu, gostaria de pedir desculpa pela brincadeira de primeiro de abril do HIEI. Shingeki já está sendo feito e vai sair em breve aqui e na Dollars!

Agora, sobre Kuzu! Foi um misto de emoções fazer esse projeto. Não posso negar que o fim me decepcionou, pois o anime todo foi baseado em escolhas insanas dos personagens, onde os mesmos adoravam fazer coisas que ninguém na vida real realmente faria, mas nesse fim, as escolhas deles se tornaram muito realistas.

Tanto a Hanabi quanto o Mugi tomaram os rumos mais fáceis para eles e para o relacionamento de ambos.

A professora também ficou bastante normal nesse fim. E isso são coisas que me decepcionaram, pois o anime tratava exatamente do inverso. De como você poderia ir tomando as piores escolhas da situação e ir ter que aguentando as consequências disso.

Enfim, ainda acho o anime bom, diferente, que foge completamente dos padrões de animação atual, mas com um final bobo.

Aguardem que faremos o Blu Ray dessa série e em breve, o volume 1 aparece por aqui.

Não podemos esquecer da ECN Fansub
, que foi nossa parceira nesse projeto, e não tenho nada do que reclamar. São rápidos e eficientes! Muito fácil de trabalhar com eles!

Kuzu no Honkai 12
Uma História de Dois
MEGA | COPIAPOP

2 comentários :

  1. Primeiro que agradecer ao Heaven e à ECN pelo trabalho feito neste anime!

    Caio, concordo com você sobre este anime ser bem fora da curva dos que vinham saindo ultimamente quando o assunto é escola, pois tratou de assuntos mais profundos ou mesmos assuntos de outros animes com mais profundidade e sem tanta poesia.
    Porém, diferente de você, gostei e achei justo o final deste anime. Afinal, todos estão seguindo em frente, uns com convicção e outros apenas suportando o fato ocorrido.
    Vamos combinar, a professora não tinha encontrado, pelo histórico mostrado, nenhum homem que se importasse com ela, pessoa, apenas homens que desejavam-na por causa da aparência física e ficou claro que ela tinha essa ansiedade suprimida de encontrar um cara no perfil do professor, apesar de todo desdém que ela queria demonstrar por ele. Notava-se o conflito dela em não conseguir deixar de ter encontros com ele, apesar de ela achar tedioso estes momentos. Ele, por sua vez, foi apenas fiel aos seus sentimentos, passando por cima da vida que a professora levava. Um purista no amor que tinha (amor cego, mas não submisso) e querendo fazer ela sair do rotina que ela tinha (foi o meio que ele encontrou para tentar conquistá-la, sendo até uma forma desesperada para tal). Muitos, assim como eu, diriam que é um amor fadado ao fracasso, mas depende da outra parte também (que sempre é julgada como vadia sem salvação) e, no caso, ela queria alguém que fosse mais do que ela estava acostumada a ter. Isto foi um dos pontos da altos na minha opinião desse anime: o que leva uma pessoa a ser alguém que tem como satisfação maior ser objeto de desejo e que gosta de provocar isso nos outros, sendo que de quebra leva outros a inveja da sua condição. O anime mostrou uma dessas facetas das várias que existem.
    Com relação aos estudantes, tudo era experimentação e, talvez, o Mugi fosse o mais passivo, pois ele já tinha sido usado como alívio por outra pessoa fazendo ele ter um certo vício em fazer sexo (se bem que homem não precisa de muito pra ficar desse jeito, né?!) e tendeu a desenvolver a mesma atitude com as garotas, mas não as obrigando a consumar o ato. Olhando a situação de cada uma, a Ecchan aceitou que não conseguiria alcançar o coração da Yasuraoka apesar de ela ter insistido muito, essa foi uma personagem batalhadora ao lado da Kamomebata que também batalhou pelo Mugi até ver que também não conseguiria alcançá-lo, mas, diferente da Ecchan (achei que ele ficou conformada, mas insatisfeita), ela usou esse sentimento para elevar a si mesma, elevar a própria autoestima. E foi nesse quesito que estava claro desde o começo que nossos protagonistas mais falhavam, o Mugi e a Yasuraoka não tinham autoestima e até por isso criaram o tal namoro falso no qual um servia de muleta para o outro. Por isso, o final deles foi coerente, pois não tinham a convicção e determinação necessárias para assumir um compromisso que não fosse o que eles desejavam. Porém, eles conseguiam ver por dentro das pessoas que eles amavam, talvez isso fosse o que mais destruía-os por dentro, pois sabiam que não tinham chances.

    Bom, foi isso que achei deste anime. :)
    Essa foi a primeira vez que escrevi tanto sobre um anime no site de um fansub!
    Mais uma vez obrigado! Gosto demais do trabalho de vocês e das parcerias que vocês formam.

    ResponderExcluir